Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus avançado Oiapoque

Frente do campus Oiapoque
 
Destinado ao desenvolvimento profissional no extremo norte do Amapá, área de fronteira do Brasil com a Guiana Francesa, o campus avançado Oiapoque oferta cursos técnicos na modalidade subsequente, na forma presencial, além de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), conciliando atividades de ensino, pesquisa e extensão. Atualmente, o campus tem 200 estudantes matriculados em quatro cursos, com turmas nos três turnos (manhã, tarde e noite).
 
Cursos ofertados em 2017

Técnico em Contabilidade

Técnico em Comércio Exterior

Técnico em Logística

Técnico em Recursos Humanos

 
O ingresso nos cursos técnicos é realizado, semestralmente, através de processos seletivos. Para saber como ingressar, acesse a página Processos Seletivos no Portal do Ifap.

Já o ingresso nos cursos FIC obedece a calendário próprio e a divulgação ocorre localmente.

Endereço
Avenida Joaquim Caetano da Silva, 870, Centro, Oiapoque-AP - CEP 68.980-000
 
Histórico
O campus avançado Oiapoque é vinculado administrativamente ao campus Macapá, tendo seu funcionamento autorizado pela Portaria Ministerial nº 378, de 9 de maio de 2016. Iniciou suas atividades acadêmicas ofertando o curso Técnico em Contabilidade na forma subsequente a partir do 2º semestre de 2016, com duas turmas de 40 estudantes nos turnos da manhã e noite.
 
Estrutura
Organograma do campus
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O campus possui estrutura organizacional composta por 20 servidores, dentre técnicos e docentes. O organograma é composto pela direção geral, coordenação geral de ensino, pesquisa e extensão; coordenações de curso, bem como os setores de tecnologia da informação, apoio administrativo, registro escolar e acadêmico, gestão de pessoas, biblioteca, desporto, laboratórios, assistência estudantil, técnico pedagógico e Napne.
 
Mapa do municípioSobre o município de Oiapoque

O município de Oiapoque está localizado no no extremo norte do estado do Amapá e tem área de 22.625 quilômetros quadrados. Antes chamado Veiga Cabral e vinculado ao município de Amapá, Oiapoque foi elevado a município pelo Decreto-lei Federal n º 7.578, de 23 de maio de 1945.
 
A palavra Oiapoque tem origem tupi-guarany, sendo uma derivação do termo oiap-oca, que significa casa dos Waiãpi.
 
Os primitivos habitantes da região são antepassados dos povos Waiãpi, que ocupavam a extensão territorial do rio Oiapoque, dos Galibi e Palikur, concentrados no vale do rio Uaçá e seus afluentes.
 
Tem uma população estimada em 25.514 habitantes (IBGE 2017), o que revela um aumento signifitivado em relação ao último censo (IBGE 2010), quando foram contados 20.509 habitantes .
 
Quatro povos – Palikur, Galibi-Kali’na, Karipuna e Galibi-Marworno - ocupam três Terras Indígenas (TI Uaçá, TI Juminá e TI Galibi), demarcadas e homologadas, que abrangem 23% da extensão territorial do município de Oiapoque. Estas terras configuram uma grande área contínua, cortada a oeste pela rodovia BR-156, que liga Macapá ao Oiapoque.
 
Na cidade-sede, está localizada a ponte binacional entre Brasil e França, ligando Oiapoque à cidade de Saint-Georges, na Guiana Francesa, território ultramarino francês.
 
Fontes: IBGE (cidades.ibge.gov.br) e Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (institutoiepe.org.br)

 

Fim do conteúdo da página