Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Simit motiva estudantes de Laranjal do Jari a inovar e empreender

Publicado: Segunda, 11 de Setembro de 2017, 14h01
Palestra de Henry Suzuki
 
O Simpósio de Inovação Tecnológica (Simit) On the road ocorreu no campus Laranjal do Jari no dia 1º deste mês, com a participação dos palestrantes Henry Suzuki e Tadeu Pissinati, da empresa Axonal e do Instituto Federal do Espírito Santos (Ifes) respectivamente. Eles falaram sobre Núcleo de Inovação Tecnológica e Empreendedorismo Tecnológico prendendo a atenção dos participantes - estudantes e servidores do campus, representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e funcionários de escolas estaduais, entre outros.
 
“Este evento me fez refletir muito sobre meu trabalho no momento que um dos palestrantes disse que um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões. Nesse sentido, todos nós fizemos acontecer e, portanto, fomos empreendedores”, destacou o coordenador do setor de Pesquisa e Extensão do campus, Tiago Alves.
 
“Quando participei do 1º Simit, em 2016, fiquei impressionado com o que vi. Mas somente ao retornar para esta ediçãofoi que pude ter uma melhor ideia sobre a beleza, riqueza e potencial do estado do Amapá. Mais do que impressionado, fiquei tocado ao ver a garra dos alunos e professores do Ifap de norte a sul do Estado. Levarei comigo para sempre as imagens e sentimentos que tive do Oiapoque a Laranjal do Jari, com a certeza de que vale a pena seguirmos trabalhando para fazer do Brasil um país mais desenvolvido e justo, por meio da educação, ciência e empreendedorismo”, declarou Henry Suzuki.
 
“Para mim, participar do Simit On The Road nos campi Oiapoque, Macapá e Laranjal do Jari do Ifap foi uma grande aprendizagem. Nossa rede tem uma diversidade muito grande de realidades. Em todos os campi visitados, encontrei comunidades ávidas por capacitação para empreender de forma inovadora. Mais especificamente no caso de Laranjal do Jari, que está no contexto da proposta do governo de explorar a Renca, percebi um grande potencial dessa comunidade vir a influenciar o futuro de empreendimentos sustentáveis na região”, afirmou Tadeu Pissinati.
 
Por Viviane Fialho Campos, jornalista do campus Laranjal do Jari
Departamento de Informação, Comunicação e Eventos - Deice
Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: comunicacaoO endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa
registrado em:
Fim do conteúdo da página