Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Normas das bibliotecas de todos os campi do Ifap são atualizadas

Publicado: Segunda, 22 de Abril de 2019, 10h50

Documento foi elaborado por uma comissão composta pelos bibliotecários do Ifap com o objetivo de adequar o regimento anterior, datado de 2015, à realidade de todas as unidades

bibliotecamcp2019 9

 

As normas que disciplinam e padronizam o funcionamento, a circulação do acervo e a prestação de serviços das bibliotecas dos campi do Instituto Federal do Amapá (Ifap) foram atualizadas pela Resolução n° 37/2019 do Conselho Superior (Consup), de 4 de abril deste ano. O documento foi elaborado por uma comissão composta pelos bibliotecários do Ifap, além do pró-reitor de Ensino, Romaro Silva, com o objetivo de adequar o regimento anterior, datado de 2015, à realidade de todas as bibliotecas.

“Cada biblioteca tem suas particularidades e precisávamos ter um regimento que abrangesse a todas. Ampliamos o número de livros para empréstimo e intensificamos a penalidade no não cumprimento do prazo de devolução, a fim de evitar os atrasos”, resumiu a bibliotecária Suzana Cardoso, do campus Macapá. A suspensão para empréstimo domiciliar e renovação será de dois dias para cada dia de atraso, multiplicado pelo número de material em poder do usuário.

São considerados usuários os estudantes regularmente matriculados, os servidores ativos e a comunidade externa. As pessoas que não têm vínculo com a instituição, ou seja, que integram a comunidade externa, podem consultar livros ou outros materiais somente dentro das dependências das bibliotecas, sendo vedado o empréstimo domiciliar.

Assim como têm direito aos serviços, os usuários das bibliotecas têm deveres, tais como devolver o material emprestado dentro do prazo estabelecido e, nos casos de justificativa de atraso, apresentar documento comprobatório, repor o material em caso de perda, extravio ou dano, zelar pelo acervo, mobiliário e equipamentos disponíveis, deixar no modo silencioso equipamentos sonoros, como aparelhos de celulares, tablets e similares, não realizar reuniões de caráter alheio às finalidades da biblioteca ou jogos, comportar-se com urbanidade e conservar o local limpo e organizado.

O empréstimo de exemplares varia conforme o tipo de material. No caso de livros, podem ser até três títulos, pelo prazo de sete dias corridos, podendo ser renovado, uma única vez, por igual período, vedado o empréstimo de mais de um exemplar de cada título por usuário. Multimeios (CD’s, DVD’S e similares), periódicos, mapas, teses, dissertações, TCC e obras de referência (atlas, dicionários, enciclopédias) são de uso restrito ao ambiente da biblioteca.

A renovação de empréstimo só pode ocorrer se não estiver em atraso e quando não houver demanda para o material. A devolução deve ser realizada diretamente no balcão de atendimento, não sendo considerados devolvidos os materiais deixados nas mesas, balcões e estantes.

A sala de estudo em grupo é destinada exclusivamente para fins de estudo, sendo vedado uso como guarda-volumes, bem como a dispersão do grupo antes da devolução da sala. Já as cabines de estudo individual são para estudo reservado do usuário.

As bibliotecas dispõem ainda do serviço de orientação à normalização de trabalhos acadêmicos, que pode ser solicitada pelo usuário por meio de agendamento prévio de 48 horas. Também é possível solicitar confecção de fichas catalográficas.

Acervo

O desenvolvimento de coleções é regido pela Política de Desenvolvimento de Coleções do Sistema de Bibliotecas do Ifap. Cada campus deve destinar anualmente dotação orçamentária para fins de ampliação do acervo e armazenamento, distribuição e recolhimento. Livros didáticos destinados aos alunos dos cursos técnicos não fazem parte da coleção da biblioteca.

Na biblioteca do campus Macapá, os usuários têm acesso a 12.460 itens, sendo 2.407 títulos, entre os quais 1.838 livros. Já no campus Porto Grande, são 1.658 itens, sendo 778 títulos, com total de 1.492 exemplares de livros e 166 de periódicos. No campus Laranjal do Jari, a biblioteca dispõe de 6.816 itens, sendo 1.725 títulos, entre livros, periódicos e trabalhos de conclusão de curso.

 

Para ler a Resolução n° 37/2019 do Consup, clique aqui

 

Por Suely Leitão, jornalista da Reitoria

 

Departamento de Informação, Comunicação e Eventos – Deice

Instituto Federal do Amapá (Ifap)

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Twitter: @ifap_oficial

Facebook:/institutofederaldoamapa

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página